Pesca motorizada toma conta do Rio Paraguai
Foto: Pedro Miguel/Unemat
Cerca de 600 pescadores participaram da prova
Pesca motorizada toma conta do Rio Paraguai
Foto: Pedro Miguel/Unemat
No total, 225 barcos motorizados foram inscritos
Pesca motorizada toma conta do Rio Paraguai
Foto: Pedro Miguel/Unemat
Fagner foi atração com seu repertório romântico
Pesca motorizada toma conta do Rio Paraguai
Foto: Pedro Miguel / Unemat
Zeca Baleiro também agitou o FIPe
Compartilhe

Pesca motorizada toma conta do Rio Paraguai

Segunda, 14 Maio 2012 12:40
Lygia Lima | Especial para o Caravana

No último dia do FIPe, cerca de 600 pescadores, divididos em 225 barcos, foram à luta pelo prêmio máximo do festival


Cerca de 600 pescadores, divididos em 225 barcos motorizados lotaram o Rio Paraguai em Cáceres (MT), no último domingo (13) para o maior festival de Pesca Esportiva em água doce do Mundo. Eles partiram em busca dos maiores e mais cobiçados peixes como os pacus, pintados, cacharas e de olho no prêmio, um carro-zero quilômetro para equipe que mais pontuar.

O torneio de pesca motorizada teve inicio às 8 horas com a largada no cais da cidade e nem mesmo a chuva que caiu por várias vezes no domingo impediu os participantes de tentarem a sorte até o final da tarde. As equipes foram divididas em três baterias, conforme a potencia dos motores, sempre acompanhados por um barco da Marinha, que visava evitar acidentes. A população, a exemplo dos anos anteriores, espremia-se às margens do Rio para assistir as largadas.

O Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres (FIPe) é realizado há 32 anos no município. Antes, o evento ocorria no mês de setembro< No entanto, com a mudança nos níveis de água do rio, dada a estiagem prolongada, a prova foi transferida para abril ou maio, dependendo do ano.

A competição atrai pescadores de várias regiões do Brasil, ou mesmo de outros países, que querem aproveitar as belezas do Pantanal e se divertir com a pesca esportiva, na modalidade “pesque e solte”.

O FIPe realizou neste ano quatro competições de pesca: a infantil, juvenil, de canoa e a motorizada. Neste ano, as provas de pesca infanto-juvenil e de canoa superaram as expectativas dos organizadores. Já a pesca motorizada ficou dentro da média registrada nos últimos anos.

Fagner e Zeca Baleiro

O maranhense Zeca Baleiro e o cearense Fagner agitaram a penúltima noite do festival, quando cerca de 20 mil pessoas puderam prestigiar a festa popular que tem como ponto forte oferecer diversão e atrações musicais para agradar os diferentes estilos.

No palco do festival passaram Alceu Valença, os mato-grossenses Henrique, Pescuma e Claudinho, Rosa de Saron, Fernanda Brum, João Bosco e Vinicius, Jota Quest, Cheiro de Amor, além de Fagner e Zeca Baleiro. Para a última noite os organizadores prepararam um lambadão pantaneiro que teve como atração principal a Banda Via Brasil.

Além das atrações nacionais, outros 50 artistas e bandas locais e regionais também se apresentaram durante o FIPe.

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x