Festival de pesca esportiva
Foto: Prefeitura de Cáceres
Karina e Alex faturaram um veículo zero km
540 peixes devolvidos ao rio Paraguai
Foto: Prefeitura de Cáceres
Cerca de 540 peixes foram fisgados na 31ª edição
Compartilhe

Cáceres festeja sucesso do FIPe

Segunda, 16 Maio 2011 15:59
Lygia Lima | Especial para o Caravana

Evento de pesca esportiva se encerrou no domingo com sucesso de público e de peixes fisgados e devolvidos às águas do Rio Paraguai

O 31º Festival Internacional de Pesca Esportiva (FIPe) terminou no domingo, garantindo ao Município de Cáceres (MT) o título de capital nacional de pesca esportiva. A chancela foi concedida pelo auditor do Rank Brasil (considerado o livro dos recordes brasileiro), Luciano Kadari. O prêmio foi entregue durante a solenidade de entrega dos prêmios aos vencedores dos torneios de pesca.

O balanço do evento foi considerado positivo pelos organizadores, visto que foram capturados e devolvidos ao Rio Paraguai cerca de 540 exemplares de peixes de várias espécies, entre elas: pintado, jau, barbado, pacu, jiripoca, jurupencen e até dourado.

Detalhe: o dourado não foi contabilizado nas pontuações da competição porque está com a pesca suspensa no município por uma decisão do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente.

O maior peixe capturado nesta edição foi um “pacu”, medindo 53 cm, fisgado pelos competidores da pesca de canoa no último dia 8, durante o primeiro final de semana do Festival. O feito foi conseguido pela equipe Unidos Pescador, composta por Geraldo Magela e Adão do Carmo. Pela façanha, os pescadores conquistaram um motor de popa de 20 HP.

No entanto a grande vencedora do Festival Internacional de Pesca foi a equipe de Cáceres, Ciber Mato Grosso, composta pelo casal Alex Fabiano e Karina Silva. Este ano, a competição motorizada foi unificada e não mais por categoria masculino e feminino. A dupla levou para casa um carro zero km. A equipe capturou 44 exemplares de peixes.

Já a equipe vencedora da pesca de canoa, foi a equipe Feijão da Casa, composta por Wilson Vançam, Francisco Yano e Paulo Muniz, que faturaram um barco de alumínio e um motor de popa de 25 HP. A mesma equipe também competiu na pesca motorizada e faturou o 2º lugar levando como prêmio mais um barco de alumínio e motor de popa de 25 HP.

Público

A estimativa dos organizadores é que cerca de 300 mil pessoas circularam pelo Festival durante os nove dias da festa. Foram gerados cerca de 2 mil empregos temporários e o comércio movimentou cerca de R$ 5 milhões.

Para o 32º FIPe a Prefeitura de Cáceres garante um evento com mais atrações e novidades a fim de garantir os títulos de capital nacional de pesca esportiva e também como o maior festival de pesca em água doce do mundo.

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x