llhabela: mar, vela e trilhas!
Foto: Anderson Costa
As águas claras de Ilhabela fascinam os turistas
llhabela: mar, vela e trilhas!
Foto: Scott Beardsley
A Ilha tem trilhas para a prática do mountain-bike
llhabela: mar, vela e trilhas!
Foto: Scott Beardsley
O surfe é também um esporte praticado na região
llhabela: mar, vela e trilhas!
Foto: Szymon kochanski
Os ventos da região propiciam os barcos à vela
llhabela: mar, vela e trilhas!
Foto: Kikesan
llhabela: mar, vela e trilhas!
Foto: Anderson Costa
Os amantes do off-road também tem vez na Ilha
llhabela: mar, vela e trilhas!
Foto: Anderson Costa
Ilhabela tem 36km de praia à disposição dos turistas
Compartilhe

llhabela: mar, vela e trilhas!

Sábado, 20 Setembro 2014 01:00
Igor Pereira | Especial para o Caravana

Em meio a tantas belezas naturais, a cidade do litoral norte paulista destaca-se por ser uma região com muito esporte de aventura


Vamos chamar o vento...  A evocação de Dorival Caymmi pode ser linda, mas não é necessária em Ilhabela. É o vento que chama a gente, nos despertando de manhã, realizando sua música, brincando com a paisagem. Graças a ele que milhares de aficionados pela vela viajam todos os anos para Ilhabela. As condições do mar e do vento fazem da ilha um paraíso para os amantes do esporte e deram à cidade o título de capital brasileira da vela.

A Semana Internacional de Vela de Ilhabela é um tradicional evento realizado desde 1956, que se transformou em uma das maiores competições da América Latina. A ilha é sede de outras competições nacionais e internacionais, além de possuir um Grêmio da Vela e de uma escola municipal de velejadores.

As raias boas variam ao sabor do vento. O vento sul possibilita a prática por todo o canal de São Sebastião. Os melhores locais são ao largo da Ponta das Canas, da praia da Armação, da praia do Pinto, da Ponta Azeda, da praia do Engenho D'água e da praia do Perequê. O vento leste torna a Ponta das Canas um ponto excelente para a prática do windsurf e do kitesurf, esportes que crescem nos últimos anos.

Fora do alcance do vento, o fundo do mar de Ilhabela possui também seus encantos. A fauna marinha variada, as baleias e golfinhos já fariam o passeio valer a pena. Mas as maiores atrações são mesmo os inúmeros naufrágios que circundam a ilha. Ilhabela chegou a ser apontado como uma espécie de versão brasileira do Triângulo das Bermudas. Um suposto campo magnético tiraria inúmeros navios da sua rota original. Entre os naufrágios mais famosos estão o cargueiro brasileiro Aymoré" (1920), o britânico "Whator" (1909), e o transatlântico espanhol "Principe das Astúrias" (1916), que afundou em uma terça-feira de carnaval.

São 36 km de praias, entre desertas e badaladas, todas contam com aquele impressionante visual de Mata Atlântica típico dessa faixa do litoral paulista. Praia do Jabaquara, Praia do Portinho e Praia da Feiticeira são as opções para águas mais tranqüilas. Castelhanos é para quem está na disposição para o surf e para a trilha. É a maior praia da ilha, com 1 km de extensão. A trilha é um pouquinho maior... 22 km, dá pra fazer a pé, de bike ou de jipe. A paisagem compensa.

Há outras 16 opções de trilhas pela ilha. O viajante encontrará um pouco de tudo. Cachoeiras, como a da Laje e a do Gato, com 80 metros de queda. Grutas na trilha de Toca de Furnas. Picos, como o do Baepi e de São Sebastião. A trilha do Bonete te leva a um paraíso raro: um mundo desconectado. Numa pequena comunidade de pescadores, com 250 pessoas, sem luz elétrica, um lugar perfeito pra acampar.

A cultura caiçara é uma forte presença em Ilhabela, mantendo-se tradições e o sentimento de reverência ao mar. A procissão marítima de São Pedro, protetor dos pescadores e a Congada de São Benedito são realizados ano a ano. Nos botequins próximos a praia, os pescadores mais antigos contam ainda as lendas, como a do Peixe Tapa, a da Toca do Estevão, a feiticeira da Fazenda São Matias.

Serviços

Como Chegar
Para chegar em Ilhabela deve-se pegar uma balsa, no município de São Sebastião. Para chegar em São Sebastião:
Carro: Há dois acessos possíveis para São Sebastião, saindo de São Paulo. Um saindo pela Via Dutra, pegando a rodovia dos Tamoios, na altura de São José dos Campos. A outra é descendo até Santos e seguir pela BR 101 até a cidade. Vindo do Rio de Janeiro o acesso é feito pela BR 101. Distâncias: 209 km de São Paulo, 385 km do Rio de Janeiro.
Ônibus: Quem opera a linha saindo de São Paulo é a viação Litorânea, com várias saídas diárias. No Rio de Janeiro, são duas saídas diárias, operadas pela empresa útil. Cidades próximas com opções de ônibus: Ubatuba, São José dos Campos, Paraty.
Avião: O aeroporto mais próximo de Ilhabela é o de São José dos Campos (112 km)
Onde Ficar
Refugio das Pedras
Av.Gov. Mario Covas Junior, 11495 - Ponta da Sela
Telefone: (12) 3894-1756; (12) 3894-1756; (12) 3894-1911
Site: www.refugiodaspedras.com.br
Pousada Villa Vittoria
Rua Ana Leite Julião Torres, 202 - Bexiga
Telefone: (12) 3894-9341; (12) 3894-9341; (12) 9144-0656; (12) 9144-0656
Site: www.pousadavillavittoria.com.br
Albergue/Hostel Central Ilhabela
R. Irene R.Barbosa, 116 - Perequê
Telefone: (12) 3896-2297; (12) 3896-2297; (12) 97920388; (12) 97920388
Site: www.alberguecentral.com.br

Operadoras
Colonial Diver (Mergulho)
Av. Brasil, 1751 – Pedras Miúdas
Telefone: (12) 3894-9459
Site: www.colonialdiver.com.br
E-mail: colonialdiver@colonialdiver.com.br
BL3 Oceano (Vela)
Av. Perimetral Norte, 5013 - Praia da Armação
Telefone: (12) 3896-1034; (12) 3896-5885
Site: www.bl3.com.br
E-mail: oceano@bl3.com.br

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x