Ubatuba é berço também do SUP
Foto: Ubatuba SUP
Caio Vaz foi o grande vencedor na categoria "Open"
Ubatuba é berço também do SUP
Foto: Ubatuba SUP
Sthefani Castro foi destaque no feminino
Ubatuba é berço também do SUP
Foto: Ubatuba SUP
Ruio Noronha se destacou na categoria "Master"
Ubatuba é berço também do SUP
Foto: Ubatuba SUP
Huka, um dos organizadores, também caiu na água
Ubatuba é berço também do SUP
Foto: Ubatuba SUP
Belas cenas foram flagradas na competição
Ubatuba é berço também do SUP
Foto: Ubatuba SUP
Competidores durante premiação da "Masters"
Compartilhe

Ubatuba é berço também do SUP

Quinta, 25 Agosto 2011 12:00
Luiz Cláudio Graglia | Especial para o Caravana

1º campeonato de Stand Up Paddle, o popular SUP, em Ubatuba, ratifica a força da modalidade nas praias desta cidade do litoral norte paulista


Ubatuba é o templo do surfe e agora também do Stand Up Paddle, o popular SUP ou "surfe com remo". Para àqueles que ainda tinham alguma dúvida, puderam comprovar isso no último domingo (21), quando cerca de 40 atletas participaram do 1º campeonato da modalidade, na praia de Itamambuca. Os inscritos competiram nas categorias Open, Master e Feminino.

No domingo, havia uma enorme expectativa de que um “swell” (ondas grandes) pudesse atingir Ubatuba. Porém as ondas, apesar de difíceis, quebravam com cerca de um metro e meio e o campeonato rolou sem problemas.

Detalhe: a competição foi marcado por muitas “vacas” (quedas) e por muita adrenalina por parte dos competidores e dos expectadores nas areias.

A final da Open mereceu destaque devido à bela apresentação dos finalistas. Destaque para a impressionante batida de backside de Caio Vaz, em uma bomba com uma junção “indigesta”, pronta para esmagar o carioca, que foi mais rápido e conseguiu executar a manobra, arrancando uma nota oito dos juízes e aplausos na areia.

No entanto o peruano José Jarita Gomez, que dividiu a liderança da bateria com Caio em vários momentos, não estava para brincadeira e logo em seguida botou pra dentro de um tubo “oco”, que se formou mais para o inside em uma onda que já vinha sendo trabalhada desde o outside.

Gomez, porém, não conseguiu sair do tubo e dessa forma não conseguiu os pontos que precisava para conquistar a primeira colocação, terminando em segundo. O local Fabio Tavares surfou bem, mas errou em muitas finalizações terminando em terceiro e Alexandre Miranda, em quarto.

Na Master, o grande vencedor foi Bruzzi, um surfista local, que soube aproveitar muito bem as boas ondas que escolheu. Cristão Almeida, também surfou bem, mas não conseguiu repetir o bom desempenho que apresentou nas baterias anteriores, terminando com o vice-campeonato.

Já Rui Noronha foi o terceiro colocado e Eduardo Almeida, o quarto. A de se destacar a coragem demonstrada pelas meninas, que enfrentaram um mar que faria muito marmanjo "pensar duas vezes" antes de entrar. Elas foram as primeiras a entrar na água em um momento em que as ondas estavam muito difíceis e mostraram atitude.

No final, mesmo com todas as adversidades de tempo e condições de mar, o balanço do primeiro campeonato de SUP de Ubatuba foi extremamente positivo, muito bem organizado e com grande adesão de atletas e público. Mais uma prova de que o bom trabalho executado pela Associação de SUP de Ubatuba rende e renderá ótimos frutos.

Confira os resultados:

OPEN

1º Caio Vaz

2º José Jarita Gomez Quiroz

3º Fabio Tavares

4º Alex Miranda

MASTER

1º Bruzzy

2º Cristão Almeida

3º Rui Noronha

4º Eduardo Almeida

FEMININO

1º Bruna Nazzari

2º Aline Adisaka

3º Sthefani Castro

4º Paula Gil

Fonte: SUP Club Brasil

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x