Travessia expõe belezas de Iguape
Foto: Eduardo Bernardino
Ciclistas iniciam a travessia pelas areias de Iguape
Travessia expõe belezas de Iguape
Foto: Eduardo Bernardino
Repórter do Caravana cumpriu os 60 quilômetros
Travessia expõe belezas de Iguape
Foto: Eduardo Bernardino
Grupo faz uma pausa depois de pedalar 20 quilômetros
Travessia expõe belezas de Iguape
Foto: Eduardo Bernardino
De volta à cidade, clima de interior contagiou participantes
Compartilhe

Travessia expõe belezas de Iguape

Terça, 01 Março 2011 16:09
Eduardo Bernardino | Do Caravana

Em ritmo de aventura, ciclistas cumpriram os 60 quilômetros do passeio pelo litoral sul do Estado de São Paulo. Participantes, porém, flagraram desrespeito do homem com a natureza local


A travessia da Ilha Comprida, realizada no último sábado pela reportagem do Caravana, com organização do Clube dos Amigos da Bike (CAB), serviu para expor as belezas e também as mazelas desta região do litoral sul de São Paulo.

A natureza brinda o turista que visita a região com o que há de mais belo, até porque conta com a "benção" da Mata Atlântica a seus pés. No entanto, como em todo paraíso muito assediado pelo homem, os problemas aparecem. E isso preocupa.

"O lugar é bonito, mas encontramos muito lixo pelo caminho. O local poderia ser mais bem cuidado”, criticou Lucila Dib que, ao lado das amigas Giuliana Rantin e Livia Veroni, participou da travessia no final de semana.

A constatação de um problema como o do lixo nas areias da Ilha Comprida é preocupante, sobretudo quando o assunto é o meio ambiente e o turismo sustentável.

A realidade é agravada pois grande parte do material encontrado jogado na praia pode ter sido trazido do mar, porém nota-se também que existem objetos deixados lá por frequentadores da região.

Outro ponto negativo foi o fato de muitas vezes passarem carros, motos e até caminhões em alta velocidade na faixa de areia. "Não é nada agradável estar aqui curtindo a natureza e de repente passar um caminhão jogando fumaça na nossa cara", salientou um dos participantes do evento.

Confraternização

Quanto a travessia em si, a ação do CAB foi extremamente cuidadosa e bem executada. Os envolvidos deram toda assistência aos participantes, desde aquela palavra de incentivo na hora do cansaço até pequenos socorros mecânicos e a "carona" no carro de apoio para aqueles que, por algum motivo, não puderam terminar a travessia pedalando.

"Os passeios são sempre assim. Não existe espírito competitivo. O importante é a integração e que todo mundo se divirta", ressaltou Carlos Mesquita, um dos integrantes do grupo de apoio do CAB na travessia.

No fim do dia, mesmo cansados, os ciclistas seguiram para os bares da cidade para comer, beber e dar muitas risadas. A confraternização foi total.

Já as belezas naturais foram um capítulo à parte para os participantes do passeio. Mar com temperatura agradável, sol e céu azul, emolduraram as belezas da região e transformaram o passeio num momento único.

As fotos ao lado provam que as belezas naturais da região de Ilha Comprida seguem em alta, porém devem ser respeitadas pelo homem e merecem um pouco mais de atenção das autoridades locais.

Dica: Quando visitar Iguape, não deixe de experimentar a comida do Restaurante Panela Velha, localizado na Rua XV de novembro, no centro da cidade. O local apresenta um ambiente bem aconchegante, os pratos são fartos e a comida é deliciosa. Vale a pena.

 

Get Adobe Flash player

Leia também

Comentários

  • Thiara
    Thiara
    28 Fevereiro 2011 at 20:33 |

    Depois dessa pedalada, vale mesmo descontar nos bares e restaurantes da cidade, hahaha.

  • leila Woiski
    leila Woiski
    18 Março 2011 at 11:08 |

    bacana demais! além da excelente oportunidade de conhecer muitas pessoas legais de lugares diferentes

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x