Morretes (PR)
Foto: Marcio Cabral de Moura
O Casario Morretes impressiona pela suntuosidade
Morretes (PR)
Foto: Tatasoka
O Pico do Marumbi é uma atração turística da região
Compartilhe

Morretes (PR)

Caravana da Aventura | Da Redação

O rio que corre pela minha aldeia é sempre o mais belo. Quem nasce em Morretes já vem ao mundo concordando com Fernando Pessoa. Orgulhosos do seu Nhudiaquara chegam até a sentir um pouco de ciúmes do rio que pertence cada vez a mais gente. É que a tal formosura do Nhudiaquara se espalhou por aí. Seja pra almoçar nas suas margens ou pra navegar seus 12 km de corredeiras no rafting, canoagem ou acqua ride, ele é um dos motivos do aumento do número de visitantes à cidade paranaense.

Os outros motivos: picos, cachoeiras, caminhos abertos pela mata nos tempos da colônia.  Além das trilhas, a atração principal do parque Estadual do Pico do Marumbi é escalar a formação que batizou o parque, com 1547 metros. Mas antes convém uma paradinha na Cachoeira do Marumbinista. A trilha até outro pico, o do Rochedinho propicia uma vista de toda a região.

O caminho do Itupava tem grande importância histórica na região. Portanto além das orquídeas, saguis e beija-flores há ruínas, santuários e muitos causos contados pelos guias e moradores. Próxima da cidade, a trilha da Cascatinha leva até a cachoeira de mesmo nome, passando por um bosque encantador.

Morretes fica na encosta da Serra do Mar, a 76 km de Curitiba. De carro há dois caminhos: o mais fácil pela BR 277 ou o que vale a pena, pela Estrada da Graciosa. Para quem busca uma dose a mais de lirismo na viagem há também a opção de chegar à cidade de trem, saindo de Curitiba.

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x