Parque Nacional da Serra Geral (RS)
Foto: Micaellua
Os cânions compõem as belezas do parque nacional
Parque Nacional da Serra Geral (RS)
Foto: Micaellua
O parque esbanja verde e fica na região de Aparados da Serra
Compartilhe

Parque Nacional da Serra Geral (RS)

Caravana da Aventura | Da Redação

Na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, na região sul do país, encontram-se os Parques Nacionais de Aparados da Serra e Serra Geral.

Localizados na região conhecida como Aparados da Serra, que fica na formação geológica Serra Geral, responsáveis pela origem dos nomes desses dois importantes parques nacionais, o local conta com 27500 hectares de área protegida e abrange os municípios de Jacinto Machado e Praia Grande em Santa Catarina e Cambará do Sul e São Francisco de Paula, no Rio Grande do Sul.

A paisagem do local é caracterizada principalmente por paredões verticais de até 700 m de altura em transição com o relevo ondulado do planalto, o que acaba dando um aspecto ao local como se tivesse sido "aparado" a faca. Devido a esta particularidade o ecossistema do local é bastante rico.

O potencial turístico do Parque dá-se principalmente pelo acesso a belíssimos pontos como o Cânion da Fortaleza, o Cânion Malacara, o Cânion Churriado, a Cachoeira Tigre Preto e a Cachoeira dos Venâncios.

Fauna

A fauna rica apresenta Graxains, Quatis, Capivaras, Lontras, Onças-Pardas, Gralha Azul (ave símbolo do parque), Gavião Carcará, Andorinhas e Jacus.

Flora

A flora é determinada por florestas de Araucárias na parte superior e Mata Atlântica no interior e parte inferior do cânion.

Clima

O clima é mesotérmico brando super úmido sem seca. As temperaturas médias anuais estão entre 18 a 20 °C, com máxima absoluta de 34 a 36 °C e mínima absoluta de -8° C a -4 °C. A pluviosidade fica entre 1500 e 2000 mm anuais.

Acesso

Os acessos são por Cambará do Sul, onde percorre-se 18 km de estrada de terra - em bom estado e transitável mesmo para os carros de passeio - até a guarita de entrada do parque. Pode-se ir também por Praia Grande, subindo a Serra do Faxinal (cerca de 15 km) em fase de asfaltamento e mais 7 km no campo por estrada também de terra.

Visitação

A visita pode ser feita de quarta a domingo, das 9h às 17h. Os ingressos custam R$ 6,00 e o estacionamento R$ 5,00.

O parque conta com centro de visitantes, onde são passadas informações sobre as trilhas, que são bem sinalizadas e contam com várias áreas de descanso. Contudo, não é permitido pernoitar no parque, pois não há infraestrutura disponível.

 

Programe-se para conhecer o local. No inverno o tempo é mais estável, porém o frio incomoda muito. Já no verão temos o surgimento da “viração”, então a cerração pode cobrir a visibilidade do cânion por um longo período, sem contar as chuvas torrenciais que prejudicam um pouco o passeio.

 

 

 

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x