Parque Nacional de Sete Cidades (PI)
Foto: Deltafrut
O parque apresenta monumentos geológicos
Parque Nacional de Sete Cidades (PI)
Foto: Laun2m
A "Biblioteca" é uma atração turística do parque
Compartilhe

Parque Nacional de Sete Cidades (PI)

Caravana da Aventura | Da Redação

Localizado no estado do Piauí, o antigo território dos índios tabajaras desperta a imaginação de todos que o visitam e passam horas brincando de encontrar formas nas rochas da região. Essas curiosas formações rochosas, monumentos com aproximadamente 190 milhões de anos, foram divididas em sete conjuntos nomeados de “Sete Cidades”.

O Parque nacional de Sete Cidades possui uma área de 6221 hectares e foi criado em 1961. Esta área protege um dos mais importantes sítios arqueológicos do Brasil, além de monumentos geológicos e diversas nascentes que brotam no Piauí semiárido.

Fauna

Nota-se no Parque a presença da onça-parda, vários gatos-do-mato, cachorro-do-mato, veado-mateiro, tucano, falcão tropical e paca, com destaque para uma espécie que marca fortemente sua presença, o Mocó, roedor habitante das tocas existentes nas rochas areníticas dos monumentos geológicos do local.

O Currupião e o xexéu são aves que chamam atenção pela sua beleza. Apesar de tanta riqueza na fauna e na flora, é preciso cuidado quando estiver nas formações rochosas pois, apesar de encontrar o curioso camaleão, é nesses locais também que se localizam as serpentes peçonhentas, jararaca e cascavel.

Flora

A vegetação característica é de transição entre o cerrado e a caatinga, onde se encontram espécies como o murici, o pau-terra, as palmeiras, o buriti, a carnaúba e o tucum.

A flora do Parque Nacional de Sete Cidades possui numerosas plantas importantes para a alimentação da fauna local. Algumas são indispensáveis para a existência e permanência de certos animais no Parque, tais como a mangabeira, a guabiroba, o piquizeiro e o bacurizeiro. Do ponto de vista florístico ocorrem, entre muitas outras, as juremas e o xique-xique. Perto de algumas cachoeiras podem ser encontrados exemplares do pau-d'arco.

Clima

O clima quente semiárido da região contra com seis meses de seca. A temperatura média anual fica em torno de 25 °C, com máxima e mínima absoluta em torno de 39 e 12 ºC, respectivamente. A pluviosidade fica entre 1000 e 1250 mm anuais.

Acesso

A melhor opção para quem vai a "Sete Cidades" é ultilizar a cidade de Piripiri como apoio. O acesso é feito pela BR 343, partindo de Teresina até Piripiri. Do centro da cidade até a entrada do parque são 26 km de asfalto pela rodovia BR 222.

Visitação

O parque abre diariamente das 8h às 17h. A entrada é gratuita. A taxa de guia varia de R$ 20,00 a R$ 50,00.

A melhor época para visitar o Parque é entre dezembro e junho, quando as cachoeiras estão mais cheias e o clima mais ameno.

O parque possui área para camping, alojamento, lanchonete e restaurante. E seus atrativos principais são bem sinalizados com placas explicativas.

Leia também

Comentários

  • Fabiano
    Fabiano
    02 Fevereiro 2014 at 09:52 |

    E obrigatório o pagamento do guia ?

    • Paulo Antunes Campos
      Paulo Antunes Campos
      06 Fevereiro 2014 at 15:29 |

      Até o momento o pagamento do guia não é obrigatório, a contratação do guia é apenas uma sugestão da administração do parque, em alguns parques a presença do guia é obrigatória, pois ajuda na preservação dos parques, e na segurança dos usuários, além do aspecto social; esta região do Piaui, tem como importante fonte de renda o turismo.

  • Paulo Antunes Campos
    Paulo Antunes Campos
    06 Fevereiro 2014 at 15:22 |

    Olá Fabiano, o trajeto no Parque é feito a pé a partir do centro de visitantes, vc irá entrar de carro pelos portões sul ou norte, se dirigir ao centro de visitantes, deixar o carro no estacionamento e seguir a pé.
    Por várias questões, inclusive segurança, a administração do parque sugere que o passeio seja feito com um guia local, que atualmente cobra no máximo $ 7,00 por pessoa, eu já fiz o passeio a algum tempo atrás, e não me arrependi em contratar o guia.

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x