Maraú (BA)
Foto: Brayhan Hawrylizyn
Os coqueiros emolduram as praias da região
Maraú (BA)
Foto: Bahia Turismo
O acesso à penisula de Maraú deve ser feito com um 4x4
Compartilhe

Maraú (BA)

Caranguejos azuis no seu prato, peixes que gostam da noite, uma cachoeira que deságua no mar. As frases que descrevem a Península de Maraú parecem inventadas. Mas ao conhecer seus 40 km de praias, suas piscinas naturais e cachoeiras o viajante percebe que a paisagem ali tem uma lógica própria. Experimente subir o Morro Bela Vista, e espiar tudo de cima. Aí você começa a entender.

A península do Maraú fica a 424 km de Salvador, na Costa do Cacau, próxima de Itacaré. O acesso é um pouco complicado feito por estrada de terra ou de embarcação, pela baía de Camamu.

As marés favorecem a formação de inúmeras piscinas naturais, com o colorido dos peixes passeando pelo labirinto de arrecifes. A da praia de Taipu de Fora é uma das mais bonitas com cerca de um quilômetro de extensão. Nas piscinas naturais ocorre o mergulho noturno, feito com equipamento especial de iluminação pra observar a fauna marinha.

A Cachoeira do Tremembé é a única do Brasil que deságua diretamente no mar, na Baía de Camamu. O melhor jeito de chegar até lá é de catamarã, assim como nas ilhas da baía, como a Ilha da Pedra Furada e Ilha do Sapinho. Outra opção de passeio pela Península de Maraú é o jipe, que percorre toda a orla.

Não deixe de experimentar o guaiamum, o caranguejo da cor azulada, especialidade da culinária local.

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x