O bê-á-bá da escalada esportiva
Foto: Anna Shaw
Para iniciar a escalada é preciso desejo e acessórios
Escalada / Alexandre Rajagopalan
Foto: Alexandre Rajagopalan
A mineira Conceição do Mato Dentro é um pico
Escalada / Foto: Anna Shaw
Foto: Anna Shaw
Sapatilhas fazem parte dos acessórios para a escalada
Escalada / Foto: Anna Shaw
Foto: Arquivo pessoal
Escalador Raphael Nishimura ressalta a segurança
Escalada / Foto: Anna Shaw
Foto: Anna Shaw
Acessórios podem ser alugados no início
Compartilhe

O bê-á-bá da escalada esportiva

Quinta, 25 Outubro 2012 13:11
Eduardo Bernardino | Do Caravana

Quer entrar para o mundo da escalada? Caravana publica dicas importantes para aqueles que desejam iniciar no esporte


Muita gente já deve ter sentido o desejo de praticar alguma atividade de aventura e logo em seguida pensou em vários obstáculos que o impediram de seguir em frente. Com quem ir? Como vou começar a praticar? O que será necessário para iniciar o esporte? Preciso de alguém pra me dar uns toques importantes de como praticar tal modalidade e por aí vai...

Pois bem, o Caravana resolveu te ajudar e dar umas dicas para você que deseja entrar para o mundo da escalada. Apesar da prática desta modalidade exigir força e técnica, qualquer um pode ir em busca do sonho e praticar o esporte. Basta desejo e seguir alguma regras básicas.

Vale lembrar que a escalada trará ao praticante, entre outros benefícios, força, consciência corporal, resistência e melhora na concentração.

Vamos à prática! Os equipamentos básicos para começar a escalar em vias são: cadeirinha, sapatilha, mosquetão e magnésio. Mas nem pense em comprar os acessórios e já encarar um paredão sozinho.

“O ideal é procurar a federação do seu estado, ou um clube filiado à entidade, ou um profissional da área ou um ginásio de escalada para conhecer os primeiros passos e aprender a usar os equipamentos corretamente. Só depois disso você terá a chance de curtir e praticar a modalidade de maneira segura”, explica o escalador Raphael Nishimura, que pratica o paraclimbing e é colunista do Caravana.

Leia mais: A importância da respiração durante a escalada

Se o seu problema para iniciar a escalada é grana, saiba que para praticar o boulder é mais barato, uma vez que basta ter em mãos uma sapatilha e uma porção de magnésio. No entanto jamais abra mão de procurar pessoas experientes pra acompanha-lo no início da prática da modalidade.

Em geral, nos ginásios de escalada há esses equipamentos para alugar, o que também é uma ótima opção para experimentar e ver se é isso mesmo que você deseja. A compra dos acessórios pode ser feita mais tarde, quando você já tiver a certeza de que aprecia mesmo o esporte e tem aptidão para a sua prática.

O Caravana, inclusive, aconselha os iniciantes que entrem no mundo da escalada, praticando em ginásios. Você pode, sim começar o curso de escalada em rocha ou encontrar praticantes por outros meios e seguir direto para os paredões naturais, mas o clima dos ginásios de escalada costumam ser muito bom e contagiante.

“A maioria das pessoas são super-receptivas quando chega alguém sozinho e com vontade de escalar, além de haver instrutores preparados para ajudar e dar os primeiros “betas” (dicas)”, ressalta Nishimura. “Com certeza em poucas idas você já estará enturmado e marcando sua ida pra rocha com praticantes mais experientes.”

Paraísos da escalada

Não recuse convites para conhecer a cidade de Conceição do Mato Dentro, em Minas Gerais, o Pontão da Fortaleza, em Ubatuba, no litoral de São Paulo, que é também um dos paraísos do Boulder da região sudeste.

O Parque Nacional do Itatiaia, no Rio de Janeiro, é outro lugar belíssimo e considerado o paraíso para os amantes da modalidade. Vale a pena conhecer...

Pra quem se animou em começar a prática da escalada por intermédio de um ginásio e está em São Paulo, uma boa pedida é o 90 Graus, próximo ao aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da Capital. O local oferece vias de diferentes dificuldades e você ainda pode consultar a agenda de cursos oferecidos.

Dito isso, o Caravana aconselha você, amante de esporte de aventura, a não deixar de experimentar novos desafios, buscar novas experiências, enfim, conhecer modalidades e destinos. Na pior das hipóteses, você acumulará dias muito divertidos e cheios de histórias pra contar.

Então mãos à obra!

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x