Rota do Sol / WHL Travel
Foto: WHL Travel
A baiana Itacaré mista aventura e tranquilidade
Rota do Sol / Fabio Pinheiro
Foto: Fabio Pinheiro
Em Búzios (RJ), o kitesurf domina o cenário
Rota do Sol / Zeca Baronio
Foto: Zeca Baronio
A badalada Floripa encanta pelas belezas naturais
Rota do Sol / Bruno Hander
Foto: Bruno Hander
A Ilha do Mel (PR) fascina pela história e belezas
Rota do Sol / Divulgação
Foto: Divulgação
São Miguel do Gostoso (RN) reserva aventura
Rota do Sol / Szymon Kochanski
Foto: Szymon Kochanski
Ilhabela, no litoral paulista, tem esporte de vela
Rota do Sol / Guilherme M.
Foto: Guilherme M.
O surfe faz parte do roteiro do sol
Rota do Sol / Urban Combing
Foto: Urban Combing
Praia da Pipa, no litoral potiguar, é bastante procurada
Rota do Sol / Divulgação
Foto: Divulgação
O cenário do mar alagoano fascina os turistas
Rota do Sol / Anderson Mancini
Foto: Anderson Mancini
Em Angra (RJ), o cenário merece muitos "cliques"
Compartilhe

Caravana apresenta a rota do sol

Terça, 17 Setembro 2013 13:06
Caravana da Aventura | Da Redação

Reportagem apresenta destinos imperdíveis de sol, mar e céu azul espalhados de norte a sul do país. Confira!


O verão começa oficialmente apenas no dia 21 de dezembro. No entanto, o sol já dita o ritmo de muitas praias pelo Brasil. A rota do calor, céu azul e águas cristalinas pode ser curtida sem moderação de norte a sul do país.

O Caravana apresenta vários dos destinos que compõem a rota do sol. Todos, sem exceção, privilegiam o Astro Rei e belas praias, ótimas para a prática do esporte de aventura e do ecoturismo.

O Brasil tem uma costa de mais de sete mil quilômetros de praias, que abriga lugares belíssimos e muito verde. Na região sudeste, cidades como Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, ou Búzios e Angra dos Reis, no litoral carioca, fazem parte da rota do sol.

Todas apresentam belas praias e ótima infraestrutura para receber os turistas. Em Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela, os esportes de água dominam o cenário. Além, é claro, de muita gente bonita curtindo as estações que privilegiam o sol e as altas temperaturas.

Já em Búzios e Angra dos Reis, o cenário não é diferente: surfe, kitesurf, caminhada, esporte à vela, tudo compõe um cenário dos mais fascinantes.

Descendo o litoral brasileiro, chegamos a Santa Catarina e suas badaladas praias. Florianópolis é a capital com a melhor qualidade de vida do Brasil e também um paraíso para os amantes de esporte de aventura. Abriga de forma democrática os apaixonados por sol, mar e belezas naturais.

Floripa, como é conhecida, é muito procurada para a prática do surfe com praias propícias espalhadas por toda a ilha. Bravas e Santinhos ao norte, Moçambique, ao leste, Morro das Pedras, Matadeiro e Naufragados ao sul são ótimas opções.

Confira as 27 modalidades de aventura

Ainda na região sul, no estado do Paraná a Ilha do Mel ganha todas as reverências. A ilha tem belezas naturais, e claro, muitas atrações. Farol das Conchas, localizado no alto do Morro das Conchas, pode ser avistado de quase todos os pontos da Ilha do Mel.

Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres, único monumento militar do século XVIII existente no estado, é outra opção. No alto do Morro da Baleia, junto à Fortaleza, estão canhões e trincheiras de pedras. É o chamado “Labirinto dos Canhões”.

Há também um mirante, com uma incrível vista panorâmica. Chega-se até lá por trilha no morro. Fica a dica!

Passando para o nordeste, as opções não param. Esta região do país é conhecida pelo sol o ano inteiro e por paisagens belíssimas. O verde dos milhares de coqueiros espalhados pela costa emolduram um cenário de inúmeras cores e que não enfeitiçam apenas os brasileiros. Turistas estrangeiros fazem da região o seu habitat o ano todo.

A selvagem Itacaré, localizada no litoral sul da Bahia, é o melhor lugar pra a prática de surfe da região, com picos de ondas em quase todas as praias. Engenhoca, Hawaizinho, Pontal, Itacarezinho, é escolher pelo nome, pelo visual ou pelo tipo de onda.

Quer tranquilidade e praias de águas mais calmas? Então caminhe para a praia da Concha, que é uma opção pra quem curte tranquilidade com direito a um luauzinho ao cair da tarde.

Ainda no litoral baiano, a pequena Cumuruxatiba ou Cumuru, como queiram, parece seguir intocada desde os tempos do Descobrimento do Brasil.

De difícil acesso, torna-se um lugar pouco popular, porém muito prazeroso para quem vence os obstáculos até chegar a ela.

Vale a pena conhecer as praias de Embassuaba, que possui um rio que dá o nome ao local, bem à beira mar. Jarapa Grande, com suas Falésias Vermelhas, Ponta do Moreira, que na maré torna possível a caminhada até a ponta são outras lugares imperdíveis.

Ainda na rota do sol, seguem mais destinos do nordeste do país. A badalada Maceió é o berço do ecoturismo. Mais do que uma bela e movimentada orla com preços convidativos, a capital alagoana tem a oferecer paisagens selvagens que impressionam. Naufrágios, cachoeiras, mangues, piscinas naturais, além da foz do rio São Francisco fazem parte do roteiro.

A praia do Francês é o principal cartão-postal de Maceió, com suas águas verdes e areia branquinha. Um pouco mais distante a Praia do Gunga é um excelente ponto de mergulho.

Destinos: Conheça o mapa que é uma aventura!

Ainda no litoral de Pernambuco, Porto de Galinhas é um daqueles lugares que se dividem em dois. O lado conhecido é o da praia eleita várias vezes como a mais bonita do Brasil. Destino badalado com resorts, piscinas naturais e campeonatos de surfe.

O lado oculto começa em cima da jangada e te leva até ilhas ideais para o mergulho, praias desertas, tranquilas ou com ondas. Os dois lados se completam e é possível aproveitar o melhor delas numa mesma viagem.

Já no Rio Grande do Norte, a Praia da Pipa é parte do município de Tibau do Sul. Terra de pescadores e mulheres-rendeiras foi descoberta para o turismo nos anos 80. Fica a 78 km de Natal.

Os simpáticos visitantes do oceano deram à Praia do Curral o apelido de Baía dos Golfinhos. As piscinas naturais em forma de coração deram o nome da Praia do Amor, a mais procurada de Pipa. Ali e na vizinha Praia dos Afogados são realizadas as competições de surfe e kitesurf. Dá pra surfar também no esqui-bunda das dunas de Cacimbinhas.

Mas se o viajante queira um programa mais tranquilo a pedida é apreciar o pôr do sol na Lagoa de Guariras.

Ainda no litoral potiguar, São Miguel do Gostoso não é apenas mais um belo destino do litoral nordestino do nosso país. Por lá existe um clima diferente, uma aura que parece apagar os problemas da mente de quem visita este belíssimo município potiguar.

Para quem busca calmaria, a região é ideal. A praia do Maceió é a mais deserta da região. Confira e surpreenda-se.

Por outro lado, o litoral local é também muito procurado por praticantes de esportes de vela, devido aos seus fortes ventos e suas águas límpidas, calmas e mornas, que também agradam os amantes do SUP e todos aqueles que apreciam uma boa caminhada à beira-mar.

Já pelas ruas da cidade, a visão e a audição dão lugar ao paladar, com ótimos restaurantes e bares oferecendo boas porções da culinária local.

Boa viagem!

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x