Montanhista sobrevive após queda de mais de 300 metros na Escócia
Foto: AP
Potter exibe escoriações e o mapa que lia após a queda
Compartilhe

Montanhista sobrevive após queda de mais de 300 metros na Escócia

Segunda, 31 Janeiro 2011 09:22
Caravana da Aventura | Das agências

Adam Potter sofreu apenas escoriações leves e fissuras em três costelas

O escocês Adam Potter, de 36 anos, pode se considerar “nascido de novo”, após sobreviver a uma queda de 300 metros de altura depois de perder o equilíbrio no pico nevado de Sgurr Choinnich (1904 m acima do mar), no oeste da Escócia. O montanhista sofreu apenas escoriações leves e foi resgatado por um helicóptero da marinha quando lia um mapa da região.

“Começamos a sobrevoar a encosta e vimos este homem no fundo, de pé. Honestamente, pensamos que não podia ser ele, porque estava de pé, lendo um mapa. Acima dele na encosta havia uma série de rochas da altura de árvores", disse o tenente Tim Barker. “Parecia impossível, mas refizemos o caminho desde o topo da montanha e, claramente, havia pedaços de seu equipamento em uma linha vertical por todo o caminho. Ele obviamente o perdeu durante a queda.”

Já Potter, que sofreu arranhões no rosto, fissuras em três costelas e ferimentos leves no ombro e no peito, avisou que pretende voltar às escaladas em breve. “Eu estava escorregando no gelo e na neve, então tentei reduzir a velocidade, mas naquela altura estava muito difícil”, lembrou. “Ganhei velocidade muito rapidamente. Foi apenas uma pequena queda, que provocou outras quedas... Mas eu poderia ter escorregado na porta de casa”, finalizou.

Leia também
  • Notícias Mão na corda

    Turismo sem limites

    No Dia Nacional da Pessoa com Deficiência em Parques e Atrações Turísticas, a Embratur lança programa de incentivo ao turismo de aventura adaptado, numa ação inédita no país

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x