Turismo religioso pede passagem
Foto: SergioLFR
O Caminho da Fé pode ser percorrido a pé
Turismo religioso pede passagem
Foto: Daniel Fama
Em Ouro Preto (MG) acontece a procissão pelas ruas
Turismo religioso pede passagem
Foto: Jonny Gudus
De mountain-bike é possível encarar o Caminho da Fé
Turismo religioso pede passagem
Foto: AnaCotta
A morte de Cristo é encenada em Ouro Preto (MG)
Turismo religioso pede passagem
Foto: Mendes Rocha
Cachoeira do Coqueiro é atração em Pirenópolis (GO)
Turismo religioso pede passagem
Foto: Divulgação
Olinda (PE) apresenta o espetáculo: Cenas de Cristo
Turismo religioso pede passagem
Foto: Glauco Umbelino
Igreja Matriz, de Tiradentes (MG), é destaque
Compartilhe

Turismo religioso pede passagem

Segunda, 02 Abril 2012 11:59
Caravana da Aventura | Da Redação

Feriado da Semana Santa oferece aventura e festividades com foco na data. Caravana apresenta os destinos da fé pelo Brasil


O feriado da Semana Santa, que se inicia na próxima sexta-feira (6), celebra a paixão de Cristo, sua morte e ressurreição. As comemorações se espalham pelo país, numa corrente de fé que embala e emociona milhares de pessoas.

O Caravana acena com uma Semana Santa em ritmo de aventura. É verdade, os três dias do feriado prolongado podem ser curtidos em viagem que envolvem peregrinações dos devotos por longos caminhos, cujas práticas de trekking e caminhada são as mais vistas.

Das celebrações da Semana Santa, o Caminho da Fé apresenta um desafio dos mais árduos aos religiosos, pois impõe cerca de 500 quilômetros de caminhada, partindo da cidade de Águas da Prata, no interior paulista, até chegar à Basílica de Aparecida, num caminho que cruza por toda à Serra da Mantiqueira até alcançar o seu destino final.

Durante o caminho a ser percorrido, muitos esportes de aventura à disposição, como trekking, caminhada, cicloturismo, mountain-bike, cavalgada, asa-delta e parapente.

A fé Mineira

A região de Minas e suas cidades históricas apresentam um lado religioso muito forte e na Semana Santa as ações são as mais varias na região, sempre tendo como foco a celebração de Cristo.

Cidades como Tiradentes, Ouro Preto e Diamantina destacam-se nas festividades e são todos destinos voltados também para o esportes de aventura.

Em Tiradentes, por exemplo, a Serra de São José, a Cachoeira do Bom Despacho e do Alto da Serra são alguns dos atrativos. Com isso, torna-se um ótimo destino para os amantes da mountain-bike, off-road, trekking, cicloturismo, caminhada e montanhismo.

Os monumentos religiosos como a Capela de Nossa Senhora do Rosário e do Senhor Bom Jesus da Pobreza recebem muitas visitas durante o feriado da Semana Santa, tornando-se uma visita obrigatória no feriado.

Já em Ouro Preto, cidade decretada Monumento Nacional em 1933 e Patrimônio Cultural da Humanidade em 1980, pela Unesco, os parques estaduais do Itacolomi e do Morro da Queimada, além das cachoeiras das Andorinhas e dos três Moinhos são atrações.

A região oferece aos visitantes a prática do arvorismo, cachoeirismo, canoagem, escalada, montanhismo, mountain-bike, rapel, caminhada e trekking.

Descubra as 27 modalidades de aventura!

Na mineira Diamantina, os atrativos são: Caminho dos Escravos, Gruta do Salitre, Serra dos Cristais e tem ainda o Parque Nacional da Serra do Cipó, que está localizado também na região. Lá, esportes de aventura como caminhada, cicloturismo, mountain-bike, montanhismo, trekking, off-road, canionismo e cachoeirismo pedem passagem.

Mas como a semana é santa e o momento é de celebrar a paixão de Cristo, então as catedrais da cidade são bastante procuradas, com destaque para a de Santo Antonio, de Nossa Senhora das Mercês, Nossa Senhora do Rosário e Nossa Senhora do Carmo.

Deixando o sudeste, outras regiões do país oferecem o turismo religioso. Destaque para a cidade de Pirenópolis, em Goiás. Além das muitas ações com foco na Semana Santa, o visitante pode se deslumbrar com as muitas belezas naturais, além do esporte de aventura que domina também essa área central do país.

Em Pirí, como é conhecida, as modalidades de aventura à disposição dos turistas são: caminhada, cicloturismo, montain-bike, arvorismo, cachoeirismo, montanhismo, pesca esportiva, rafting, tirolesa e trekking. Já as atrações turísticas são variadas. Destaque para a Serra dos Pirineus, Reserva Ecológica Vargem Grande, Pedreiras, Cachoeiras do Abade, do Rosário e da Meia Lua.

Ainda na região central, a cidade de Corumbá tem preservado ao longo do anos uma das maiores celebrações religiosas durante a Semana Santa. Ações como a Procissão de Ramos, a Procissão do Encontro, o Canto do Perdão e a cerimônia do Lava-Pés, além da encenação da Paixão de Cristo pelas ruas da cidade e da tradicional procissão do Senhor Morto, demonstram o forte apelo religioso existente em Corumbá.

No entanto outras atrações fazem da cidade goiana uma ótima pedida para o feriado prolongado. As cachoeiras de Monjolinhos, Mirante do Cristo e Prainha são atrações da região, que oferece a prática de muitas modalidades de aventura, entre elas tirolesa, cachoeirismo, mountain-bike, off-road, rafting, entre outras.

Cenas de Cristo

Na pernambucana Olinda, o turismo religioso domina a região. A visita de muitos turistas na Semana Santa acontece devido ao espetáculo Cenas de Cristo, que pelo quarto ano será encenado em frente à Igreja do Carmo. A ação vai acontecer entre os dias 4 e 8 de abril e promete emocionar os fieis.

Em paralelo ao espetáculo e a fé dos religiosos, a região tem a Reserva Ecológica do Passarinho como atração e desta forma apresenta muito esporte de aventura à disposição dos turistas. Modalidades como caminhada, kitesurf, mergulho, off-road, parapente, pesca esportiva, surfe, trekking e windsurfe dominam a região, tornando-a uma ótima pedida para o feriado prolongado.

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x