Diminuir clorofluorcarbono até 2040
Foto: Guilherme Cecilio
O objetivo é eliminar com o HCFCs até 2040
substancia nociva ao meio ambiente
Foto: Ornicófago
O HCFCs, encontrado nos refrigeradores, ainda é nocivo
Compartilhe

Brasil deseja iniciar agora programa de combate ao HCFCs

Quarta, 18 Maio 2011 11:40
Caravana da Aventura | Das agências

Os recursos viriam de duas frentes: do Fundo Multilateral para Implementação do Protocolo de Montreal e também da iniciativa privada

O Brasil já zerou a produção e importação dos clorofluorcarbonos (CFCs), substâncias responsáveis pela redução da camada de ozônio. Agora o país quer iniciar o Programa Brasileiro de Eliminação de hidroclorofluorcarbono (HCFCs), que surgiu como substitutos do CFC por ser 50% menos nocivo, porém ainda com propriedades que contribuem para o aquecimento global.

O dinheiro para tal tarefa viria de duas frentes, do Fundo Multilateral para Implementação do Protocolo de Montreal (que entraria com 20 milhões de dólares) e da iniciativa privada brasileira (com 14 milhões de dólares).

O capital deve servir para implementação de ações regulatórias, financiamento de projetos de substituição de teconologias de fabricação de espumas e para projetos voltados ao setor de serviços, principalmente para controlar os vazamentos de tubulações de sistemas de refrigeração.

Por enquanto, o ministério já possui alguns projetos sendo executados, como o diagnóstico da situação de aparelhos de refrigeração encontrados em restaurantes, mercearias, supermercados e padarias e a capacitação de fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama).

Em julho deste ano, após dois anos de formulação do Programa Brasileiro de Eliminação de HCFCs, consultas públicas, busca de parceria com o setor privado, o país vai tentar captar a ajuda monetária por meio do Ministério do Meio Ambiente. Se tudo correr bem, já deverá haver o congelamento dos níveis de produção e importação em 2013 e redução de 10% do HCFC até 2015, assim o cronograma para eliminação total da substância poderá ser seguido até 2040, quando deve ser concluído.

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x