enchentes e aquecimento global
Foto: Luiz Gustavo Leme
As enchentes são reflexos da ação dos homens
Compartilhe

Enchentes têm o dedo do homem

Quinta, 10 Março 2011 14:22
Fábio Salgueiro | Do Caravana

Estudo aponta que os gases do efeito estufa emitidos à atmosfera por causa da atividade humana aumentaram as chances de fortes chuvas

As recentes tragédias naturais, sobretudo as enchentes devastadoras que se espalham por todo o planeta, são reflexos direto das ações do homem no meio ambiente.

Isso é o que defende um estudo da universidade de Victoria, no Canadá. Segundo o estudo, publicado na última edição da revista científica “Nature”, “os gases do efeito estufa, emitidos à atmosfera por causa da atividade humana, aumentaram de maneira significativa a probabilidade de chuvas torrenciais e o risco de inundações locais”.

O assunto incomoda e é polêmico, sem dúvida. No entanto alguém duvida de que as ações das pessoas no dia a dia tem contribuído para o desequilíbrio ambiental no planeta? Creio que não...

O estudo acompanhou as precipitações registradas entre 1951 e 1999 na superfície do hemisfério norte, incluindo a região norte do continente americano e a Eurásia, além de todo o território da Índia.

Após isso, chegou-se à conclusão de que os gases do efeito estufa tiveram uma influência muito significativa na intensificação das chuvas em dois terços das superfícies estudadas, o que explica de certa forma uma pergunta que todos se fazem nos últimos tempos: nunca choveu nesta intensidade, porque agora tem acontecido desta forma?

O problema é mundial. E as tragédias têm surgido em todo o planeta. A conscientização precisa ser também mundial. É notório o problema e só não enxerga quem não quer.

Campanhas de educação ambiental precisam ser realizadas com ênfase em pesquisas como a citada acima, assim como debates envolvendo as potências mundiais devem acontecer com mais assiduidade, afinal o problema é real. E as tragédias estão aí para comprovar.

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x