Parapente: é emoção nas alturas!
Foto: Daniel Cotellessa
O voo duplo de parapente é regado de adrenalina
Parapente: é emoção nas alturas!
Foto: Daniel Cotellessa
O Morro Queimado é uma das opções para saltar
Parapente: é emoção nas alturas!
Foto: Daniel Cotellessa
No parapente, deve-se explorar as correntes térmicas
Compartilhe

Parapente: é emoção nas alturas!

Sexta, 11 Fevereiro 2011 09:07
Daniel Cotellessa | Especial para o Caravana

Santo Amaro da Imperatriz, cidade localizada a 25 km de Florianópolis (SC), oferece ao turista a chance de tirar os pés do chão. Quem deseja adrenalina e testar os limites, deve encarar o voo duplo de parapente


“Voar, voar, subir, subir...” A estrofe da música "Sonho de Ícaro", de Biafra, cantor pop bastante popular na década de 80, representa bem o que o aventureiro encontrará em Santo Amaro da Imperatriz, cidade localizada a 25 km do centro de Florianópolis.

A região, conhecida por suas águas termais, consideradas uma das melhores do mundo no tratamento de diversas doenças, ganha agora espaço na mídia e entre os esportistas como uma espécie de berço do turismo de aventura, uma vez que o local é voltado sobretudo àqueles que desejam tirar os pés do chão.

Nesta região sulina, a ordem é subir. O céu é o limite. A opção na região de Caldas da Imperatriz é o voo duplo de parapente. Para fazê-lo não requer experiência no esporte aéreo, tampouco prática. Basta, sim, gostar de sentir o vento cortando o rosto e desejar sentir sensação de liberdade. Além, é claro, de conhecer o próprio limite e aceitar uma dose extra de adrenalina no sangue sem pudor algum.

No voo livre, o desafio é a altura. Decola-se de uma montanha e plana-se levemente procurando as correntes de ar quente, mais conhecidas no meio como térmicas. Uma vez encontradas, faz-se uso delas para alcançar a maior altitude possível e poder vislumbrar desta forma a beleza do lugar.

A rampa em Santo Amaro da Imperatriz localiza-se no Morro Queimado ou do Ventura. Detalhe: o seu ponto de salto localiza-se a 640 m de altura. Muito alto? Mas é este mesmo o objetivo. O voo tem duração média de 30 minutos.

Após orientações do instrutor, é chegada a hora de vencer o receio e saltar. O coração na garganta é inevitável, porém o medo deve ser superado e dar lugar ao friozinho na barriga. Uma corridinha básica na rampa de salto e já se ganha altitude. Aí é curtir...

Do alto, é possível avistar o complexo de serras do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e todas as praias litorâneas da rica região sulina, inclusive a cidade de Florianópolis.

Se estiver pela região, não deixe de fazer um voo duplo. E não se esqueça também de levar a câmera fotográfica para registrar as paisagens exuberantes da região sulista. Vale a pena, pode apostar.

Dica: se for a Santo Amaro da Imperatriz, o voo duplo é uma espécie de obrigação. Assim, a Parapente Sul (48 3232-0791 ou 91559642 / www.parapentesul.com.br) opera no local. Já o Plaza Caldas da Imperatriz Resort & SPA (48 3281 9000 / www.plazahoteis.com.br) é a indicação de hospedagem. Como depois de todo prática esportiva é recomendado se alimentar, então o Restaurante Verde Vale (48 3245-2287) é também uma boa opção na região.

Leia também

Comentários

Comente

Comente como convidado.

Cancelar Enviando comentário...
x